29 de mai de 2013

Bola transforma energia cinética dos chutes em eletricidade

Materia Shoow que recebi no email!

Pesquisadores norte-americanos criaram uma bola de futebol que captura energia a cada chute que recebe. Depois essa energia armazenada na bola pode ser usada para carregar lâmpadas LED, pequenas baterias ou aparelhos eletrônicos.


Batizada de Soccket, um trocadilho entre as palavras soccer (futebol) e socket (soquete), a bola possui em seu interior um pequeno pêndulo que aproveita a energia cinética do movimento através de um gerador conectado a uma bateria recarregável. Depois de carregada a bateria, basta plugar a lâmpada ou qualquer aparelho eletrônico.

15 minutos de embaixadinhas por exemplo, são suficientes para que a bola possa fornecer 3 horas de energia para uma lâmpada LED. A bola é cerca de 28 gramas mais pesada do que os modelos convencionais e sua matéria-prima é uma espuma vinílica acetinada (EVA) resistente a água, durável, à prova de esvaziamento e macia ao toque.


As primeiras versões da Soccket, foram dadas às famílias que não tem luz elétrica na África do Sul, noMéxico e no Brasil. O resultado foi positivo porque muitas das famílias estão utilizando a bola parailuminação de suas casas à noite e as crianças aproveitam para, depois de jogar uma bola com os amigos, usarem a lâmpada LED para estudar.


Outro destino da bola são as escolas, onde as criadoras do projeto entregaram aos professores alguns exemplares para auxiliar na aprendizagem a respeito de energia. O objetivo é criar um produto que possa aproveitar a infraestrutura local existente em ambientes pobres e sem recursos financeiros para produzir as bolas Soccket.

Essa bola só existe por conta do crowdfunding, um sistema de financiamento coletivo onde um projeto é exposto em sites como o Kickstarter e recebe financiamento de pessoas ou empresas que acreditam no projeto apresentado.

Abaixo um vídeo demonstrativo da bola [se estiver lendo este via feed/rss ou pela news enviada por e-mail,clique aqui para assistir]:


Mais informações sobre o projeto pode ser obtidas no site oficial da Soccket: us.soccket.org.

0 Comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger