28 de abr de 2011

Pixies - Surfer Rosa 1988

Bem, decidi não seguir mais o livro 1001 discos para ouvir antes de morrer... na verdade nem sei se esse álbum do Pixies está listado no livro, depois vou até dar uma olhada. Tomei um abuso do livro depois que baixei uns 3 álbuns que só me deram arrependimento por tempo e taxa de transferência de dados gastas. Nem consegui ouvir até o final das musicas.. na verdade foi aquela boa e velha escutada marota, mas voce sabe quando nao agrada.. Não sei se é porque eu nao tenho o ouvido tão apurado quanto os críticos que escreveram o livro, mas que achei mt ruim achei.. nao vou nem citar quais albuns eram porque realmente gosto é uma coisa muito pessoal, mas falo só que um deles ja havia postado aqui no blog sobre... mas é isso ai. Abaixo algumas informações sobre esse album que ouvi e realmente gostei. Abraços.


Surfer Rosa é o álbum de estreia da banda de rock alternativo norte-americana Pixies, lançado em Março de 1988 pela gravadora independente 4AD.O álbum distingue-se pelas referências pouco habituais a temas como mutilação ou voyeurismo, pela produção lo-fi, e pelo som único da bateria, que deve muito ao engenheiro de som Steve Albini. Este álbum continua muitos dos temas abordados no anterior trabalho dos Pixies, incluindo letras em espanhol, e referências a Porto Rico.
Por causa do estatuto independente da 4AD, a distribuição nos Estados Unidos foi feita pela Rough Trade Records. Surfer Rosa falhou os tops no Reino Unido (RU), e "Gigantic" foi o único single a ser retirado do álbum. Embora só tenha atingido o 93º posto no top de Singles do RU, Surfer Rosa foi re-editado nos EUA pela Elektra Records em 1992. Apesar do pouco sucesso nos tops, Surfer Rosa foi certificado com Ouro em 2005 pela Recording Industry Association of America.
Embora não tenha tido sucesso comercial, Surfer Rosa é frequentemente citado como um dos favoritos da crítica musical, e é habitualmente colocado em listas profissionais de melhores álbuns rock de todos os tempos. Muitos artistas de rock alternativo, incluindo Billy Corgan e PJ Harvey, citaram o álbum como fonte de inspiração. Kurt Cobain, dos Nirvana, admitiu em diversas ocasiões que o Surfer Rosa constituiu uma importante inspiração para o Nevermind, e em 1993 contratou Albini para a gravação do In Utero
Faixas:
  1. "Bone Machine" – 3:02
  2. "Break My Body" – 2:05
  3. "Something Against You" – 1:47
  4. "Broken Face" – 1:30
  5. "Gigantic" (Francis/Kim Deal) – 3:45
  6. "River Euphrates" – 2:33
  7. "Where Is My Mind?" – 3:53
  8. "Cactus" – 2:16
  9. "Tony's Theme" – 1:52
  10. "Oh My Golly!" – 2:32
  11. "Vamos" – 4:18
  12. "I'm Amazed" – 1:42
  13. "Brick Is Red" – 2:00


Pixies
  • Black Francis – voz, guitarra
  • Kim Deal – baixo, segunda voz (voz em "Gigantic", sendo creditada como Mrs. John Murphy)
  • Joey Santiago – guitarra solo
  • David Lovering – bateria
Produção
  • Steve Albini – produção, engeharia de som
  • Publicado pela Rice 'n' Beans Music BMI
  • Simon Larbalestier e Vaughan Oliver – imagens da capa e do livrete

0 Comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger