2 de mar de 2010

Conar não suspende comercial de 30 segundos da Devassa

A liminar divulgada na sexta-feira (26) pelo Conar recomendando a sustação de peças da campanha Devassa Bem Loura não inclui o comercial de 30”. A peça foi considerada “menos agressiva” que a versão original de um minuto.

Peças de mídia impressa, spots de rádio, banners em portais e algumas páginas do site da Devassa somadas ao filme de um minuto foram suspensos pelo Conselho de Autorregulamentação Publicitária.

Mesmo com a liberação, o Grupo Schincariol decidiu retirar do ar toda a campanha. A decisão comunicada em nota, na última segunda-feira (1) reitera que “o filme estrelado pela modelo Paris Hilton não ofende, em nenhum aspecto, a qualquer norma ou orientação emitida pelo Conar. Apesar disso, a Schincariol acata a decisão e já trabalha na defesa do caso”. A Mood, agência responsável pela conta da cerveja já trabalha em uma nova ação para a Devassa.

O futuro da campanha só será decidido quando agência e anunciante se pronunciarem e passarem pelo crivo do relator, antes do envio para a Câmara de ética - o que deve acontecer em 30 dias.

A ação desenvolvida pela Mood e IDTBWA, que engloba TV, hotsite e Twitter, teve mais de 460 mil visualizações no YouTube e, segundo a agência, atingiu oito milhões de usuários no Twitter por cerca de 50 mil mensagens postadas em menção a campanha– até a semana passada. A suspensão ainda impulsionou alguns twitteiros a usar a hashtag #voltaDEVASSA.

A informação é do MM Online.

0 Comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger